2.png

Compliance

O combate à corrupção e às outras formas de ilícitos deixou de ser de competência privativa do Estado. Atualmente, a fiscalização por parte das empresas é uma realidade que se expande a todas, independentemente de seu porte ou faturamento. O Compliance consiste em implementar e manter mecanismos eficazes de combate à corrupção e descumprimentos normativos internos ou externos. Evitando-se possíveis passivos jurídicos. Estados e municípios tem exigido cada vez mais programas de compliance para todas as empresas que desejem participar de processos concorrências.
Por meio da prática de um programa de Compliance, a empresa preserva sua imagem e evita riscos de autuações por violações legais perpetradas por seus fornecedores, parceiros e funcionários